A volta do blogue que não foi

Pressionado pelo presidente Lula, que exigia o seu retorno à blogagem, o Editor deste blogue brindou o dignitário supremo da nação com uma réplica assaz peremptória:

— Mi gran comandante, só volto a blogar se o Partido Colorado perder no Paraguai, se o Brasil ganhar o Investment Grade ou se houver uma grande enchente no Nordeste.

Dias depois, é hora de cumprir a promessa.

Quando as forças do Destino conspiram com tal veemência, é prudente cumprir os seus desígnios.

Anúncios

Um comentário em “A volta do blogue que não foi”

  1. Meu caro colega Eduardo, creio que esqueceste de incluir um quarto designio e, o mais absurdo e impossível deles. Bem, mas se o tivesses incluído, após fazê-lo, creio que tu mesmo, tomando-te pelas mãos, conduzir-te-ias ao manicômio. Refiro-me à goleada do INTER sobre o Juventude, numa final de campeonato Gaúcho, por 8×1. Depois dessa, com certeza o Zorro vai pegar o Sargento Garcia, vai acabar a corrupção no Brasil, político será honesto e, professor será uma profissão valorizada…….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s