Sobre reciclagem, fomento e desenvolvimento

O leitor Marcelo apresentou a seguinte crítica ao post “Da série: Idéias que poderiam mudar o mundo“:

Não adianta induzir o fomento apenas da industria da reciclagem. Mas sim da economia como um todo, a industria da reciclagem é pequena, incipiente, incapaz de conseguir empregar a enorme massa de desempregados do Brasil.

Precisamos de crescimento econômico e melhores condições sociais como um todo…

Marcelo, a “indústria de reciclagem é pequena” AGORA.

No post propus que uma lei OBRIGUE as indústrias a comprarem matérias-primas recicladas.

Outra lei, inclusive, poderia obrigar os municípios a reciclarem 100% do seu lixo.

Você já reparou na quantidade de lixo produzido por uma grande cidade? É algo monstruoso. Recolher e separar todo esse material empregaria muita gente. Muita mesmo.
E isso acabaria aquecendo toda a economia, pois os trabalhadores das cooperativas iriam consumir mais, o que demandaria maior produção industrial, e assim por diante.

“Induzir o fomento da indústria como um todo”, como você diz, é algo mais difuso e complicado. A reciclagem e comercialização de TODO o lixo produzido nas cidades pelo menos nos dá uma base por onde começar, podendo partir de um projeto de lei que criasse a demanda, como exposto no meu post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s