O melhor emprego do mundo

Quando crescer, eu quero ser reitor da UnB.

Parece não haver emprego melhor que o de Sir Timothy Mulholland. Depois de ganhar uma reforma de R$ 470 mil no ap, com direito a saca-rolhas de mais de R$ 800, agora se descobre que o homem recebeu de presente, daquela mesma fundação de amparo à “pesquisa”, um carro de R$ 72 mil.

Não sei por que ninguém tinha percebido antes, mas o cargo parece ser uma espécie de sultanato. No gabinete do reitor deve haver até um divã para Sua Magnificência deitar e ser abanado por escravas núbias enquanto despacha. Tudo isso (divã, escravas e etc) pago com dinheiro da Finatec, que, por sua vez, vive da mesada recebida de um monte de instituições, entre elas a própria UnB.

Isso é que eu chamo de Afundação de pesquisa…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s