A Idade Média, quem diria, é logo ali

exterminoso.jpg

Uma das coisas mais assustadoramente fantásticas do filme Extermínio (28 Days Later), do Danny Boyle, é o modo como a nossa dependência da tecnologia é evidenciada.

Na trama (para os poucos que ainda não conhecem a sinopse), um vírus modificado da raiva dizima a população do Reino Unido em poucos dias. Não sobra ninguém para operar as centrais energéticas ou os meios de transporte e comunicações, e isso reduz o tamanho do mundo à capacidade dos olhos e das pernas de cada um. Ou seja: se tal hecatombe acontecesse, nossos “horizontes”, que hoje são planetários, voltariam a ser locais (e por “local” entenda-se “até onde conseguimos enxergar a olho nu ou até onde podemos caminhar”).

Em Extermínio, a Grã-Bretanha fica absurdamente isolada do mundo, a ponto de os personagens acreditarem que toda a humanidade foi exterminada pelo vírus.

Estamos tão acostumados à tecnologia que esquecemos o quanto dependemos dela para manter o nosso estilo de vida. Aliás, o nosso estilo de vida só existe por causa da tecnologia, e depende absurdamente dos meios de transporte e comunicações, que, por sua vez, só funcionam se houver energia.

Isso é assombroso: saber que, em termos práticos, a fronteira entre a pós-modernidade e a Idade Média é tão tênue. Saber que, se todas as centrais energéticas do mundo fossem permanentemente inutilizadas, a Humanidade passaria, em pouco tempo, a ter condições de vida muito semelhantes às de mil anos atrás, com a diferença de que nós, ao contrário dos medievos, saberíamos a falta que estariam fazendo  os aviões, os carros, os computadores, a TV e o chuveiro elétrico…

Prometo nunca mais reclamar do valor da conta de luz.

Anúncios

7 comentários em “A Idade Média, quem diria, é logo ali”

  1. Fernanda, o filme é de 2003, mas eu só fui vê-lo na semana passada!

    Mesmo o filme que está em cartaz, com o Will Smith, é baseado em um livro cuja história já foi filmada outras duas vezes, sendo uma delas com o Charlton Heston, em 1971 (The Omega Man).

    Eu adoro enredos pós-apocalípticos.

  2. ahh sim!
    agora sei qual filme é esse!!
    é esses tipos de filmes são bons motivos p refletirmos o futuro de estamos dando a nós mesmos e as outras gerações…..
    e me faz querer morrer mais cedo…. antes que a coisa deixe de ser feia p se tornar horrivel nesse planeta!!

  3. ahh sim!
    agora sei qual filme é esse!!
    é esses tipos de filmes são bons motivos p refletirmos o futuro de estamos dando a nós mesmos e as outras gerações…..
    e me faz querer morrer mais cedo…. antes que a coisa deixe de ser feia p se tornar horrivel nesse planeta!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s