Masdar, o novo Eldorado

masdar1.jpg

Dias atrás, escrevi que nós precisamos, com urgência, de um Partido Verde com bons quadros. Precisamos mesmo. Com bons quadros e muitos votos.

Por que os Verdes não têm expressão no Brasil? Porque a nossa sociedade ainda acha que a preocupação com questões ambientais é coisa de gente jovem metida a riponga. Participar do PV ou votar nos seus candidatos seria uma excentricidade ou uma forma inócua de idealismo. A culpa disso, em grande parte, é do próprio partido, que ainda não soube mostrar aos eleitores a importância, o potencial econômico, a urgência e a seriedade da sua plataforma.

Os árabes, que são pragmáticos, se deram conta da importância da preservação ambiental e decidiram transformar isso num negócio lucrativo.

Eis que leio, na IstoÉ, que o governo de Abu Dhabi vai construir, no meio do deserto, a primeira cidade 100% ecológica: Masdar (acesse o site do projeto aqui). O lugar, uma urbe de 50 mil habitantes, funcionará à base de energia limpa, reciclará todos os detritos e terá emissão zero de poluentes (com exceção do metano oriundo dos intestinos dos masdarenses). Apesar de Abu Dhabi estar assentada sobre gigantescas jazidas de petróleo, não haverá carros em Masdar, nem sequer elétricos. Os cidadãos se deslocarão a pé ou a bordo de modernos trens suspensos. A água utilizada na cidade será obtida em usinas de dessalinização e será reciclada depois de consumida, para irrigar plantações destinadas à produção de biocombustíveis.

A sociedade do petróleo está com os dias contados. Os árabes, que vivem dos polpudos lucros obtidos com a venda do ouro negro, pretendem, obviamente, transformar os petrodólares em ecodólares. Se a empreitada pioneira de Masdar for um estrondoso sucesso, Abu Dhabi poderá exportar o seu know-how ecológico para o mundo inteiro.

Consciência ecológica, como bem sabem os sultões, é muito mais do que uma filosofia riponga: é o único modo de salvar a humanidade, além de ser uma alternativa com alto potencial econômico. É disso que os brasileiros, capitalistas ou não, precisam se dar conta. É isso que o Partido Verde, ou qualquer outro, precisa mostrar na campanha eleitoral.

Anúncios

Um comentário em “Masdar, o novo Eldorado”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s